O uso de tubulares LED em substituição às fluorescentes

Home » Tributário » O uso de tubulares LED em substituição às fluorescentes
Substituição de lampada fluorescente por lampada LED tubular
20 dez

Categoria: Tributário

O uso de tubulares LED em substituição às fluorescentes

SÃO PAULO, DEZEMBRO de 2016 – Em razão da existência de diversos sistemas de ligações das lâmpadas LED encontradas no mercado, a ABILUMI (Associação Brasileira de Fabricantes e/ou Importadores de Produtos de Iluminação) recomenda uma orientação técnica para que o consumidor não danifique as novas lâmpadas, as instalações existentes ou mesmo coloque em risco sua vida, são elas:

  • Conexão elétrica em apenas uma extremidade com drive interno;
  • Conexão elétrica nas duas extremidades com drive interno;
  • Conexão elétrica em apenas uma extremidade com drive externo;
  • Conexão elétrica nas duas extremidades com drive externo;
  • Conexão elétrica em apenas uma extremidade com drive interno;
  • Conexão elétrica nas duas extremidades alimentadas por reator já existente (de todos os sistemas é o menos eficiente e, portanto, não muito utilizado).

A Abilumi e o INMETRO, órgão regulador do governo, vêm estudando a padronização da conexão por apenas uma das extremidades nas lâmpadas LED tubulares, o que acarretará maior segurança em sua utilização.

Até que o mercado se adeque totalmente à futura regulamentação sugerimos os seguintes procedimentos:

  • Nunca substitua uma lâmpada fluorescente tubular por uma lâmpada tubular LED sem antes verificar e, se necessário, adaptar suas instalações. As informações devem estar descritas na embalagem, no site ou em catálogos. Caso haja dúvidas, entre em contato com o SAC do fabricante, que certamente estará apto a auxiliá-lo;
  • Verifique sempre as condições da luminária, principalmente fiação e porta lâmpadas, que podem estar desgastados com o tempo. Se necessário, troque-os por outros de qualidade comprovada;
  • No caso do uso de controladores de luz (“drivers”) externos, verifique sua compatibilidade com as lâmpadas tubulares LED adquiridas;
  • No caso da utilização de reguladores de luz (“dimmers”), verifique a compatibilidade com as novas lâmpadas ou drivers, e só use caso sua nova lâmpada ou drive seja compatível com este dispositivo;
  • Escolha lâmpadas alimentadas por apenas uma das extremidades, já que é consenso no meio técnico que as lâmpadas deste tipo são as mais seguras e desta forma futuramente seguirão este padrão.

No site oficial da ABILUMI www.abilumi.org.br você poderá encontrar outras informações, endereços de fabricantes associados, tirar dúvidas e até mesmo utilizar a calculadora de consumo para saber o quanto estará economizando ao adquirir um produto com a tecnologia LED.

Deseja associar-se?

As empresas associadas à ABILUMI contam com estrutura de apoio técnico, informações mercadológicas, assessoria de imprensa e clipping diário, ferramentas dedicadas a sedimentar e orientar o posicionamento comercial e institucional do Importador e Distribuidor de Produtos de Iluminação no cenário político-econômico brasileiro.  

Entre em contato

Nossos Associados